A biblioteca mais pequena de Portugal

biblioteca barcelinhos

 

A biblioteca mais pequena do país situa-se no concelho de Barcelos, mais concretamente na freguesia Barcelinhos. Inaugurada a 27 de Março, uma cabine antiga cabine telefónica passou a funcionar como mini-biblioteca.

A criação deste equipamento cultural decorre do programa Livros do Cávado,  uma parceria pioneira entre a Junta de Freguesia de Barcelinhos, a Câmara de Barcelos e a Fundação PT. Prtendem com esta iniciativa “dinamizar a zona ribeirinha” da freguesia, “complementar a biblioteca da junta” e “incentivar a leitura”. “Deve ser uma montra da nossa biblioteca interior”, acrescentou.

Uma ideia para copiar noutras zonas do país?

Read more

Mota Engil Procura engenheiro civil para América do Sul

Mota-engil

 

No âmbito da sua estratégia de desenvolvimento e internacionalização, o Grupo Mota-Engil pretende identificar para a sua bolsa de candidatos perfis que apresentem experiência profissional relevante e competências adequadas às necessidades existentes nos mercados internacionais em que a Mota-Engil está presente. Assim, pretendem rececionar candidaturas para a seguinte função:
Engenheiros de Obra Rodoviária (m/f)  


Principais Responsabilidades:
Integrado em obra terá como principais responsabilidades acompanhar e apoiar a direção de obra ao nível da gestão da produção na vertente rodoviária, gestão enconómica e de prazos do sistema de qualidade, ambiente e segurança a fim de garantir o cumprimento dos objetivos estabelecidos.
Requisitos:
- Formação superior em Engenharia Civil;
- Experiência profissional mínima de 10 anos na vertente de Obra Geral / Estradas.
Mais informações aqui.

Portugal Steel – um ebook gratuito para download

Portugal SteelTendo em vista a importância estratégica do sector da Construção Metálica e Mista, o Departamento de Engenharia Civil do ISEP, em parceria com a Associação Portuguesa de Construção Metálica e Mista, organizou no dia 4 de Dezembro de 2013 o seminário Portugal Steel ISEP.

Este evento teve como objectivo divulgar e discutir as mais recentes inovações no domínio da construção metálica sustentadas nos conceitos da durabilidade, sustentabilidade e economia.

Esta publicação resulta da compilação das apresentações dos oradores convidados do seminário Portugal Steel ISEP, ligados a instituições de ensino, empresas e gabinetes de projecto nacionais, de
experiência e mérito reconhecidos.

Os capítulos deste livro cobrem vários subdomínios relacionados com a concepção, o projecto, o fabrico e a execução de estruturas metálicas, incluindo a inspecção e os ensaios não destrutivos.

O livro encontra-se disponível na seguinte ligação:

DOWNLOAD PORTUGAL STEEL

Read more

“Os Maias” de Eça de Queirós para quem não gosta de ler ou não tem tempo

maias

 

Era uma vez um gajo chamado Carlos, que vivia numa casa tão grande que levava p’raí umas vinte páginas a dizer como é que era. Quem gosta de imobiliário, tem aqui um petisco, porque aquilo tem assoalhadas grandes e boas e, pronto, mas p’ra mim não serve, que eu imóveis só com a fotografia, que às vezes um gajo é artista a escrever e depois uma pessoa vai a ver a casa e não tem nada a ver com o que imaginou.

Portanto, o gajo chama-se Carlos e o pai matou-se quando ele era pequeno, porque a mulher fugiu com um italiano e levou a filha que eles também tinham e… e ele matou-se, não faz sentido, porque o que não falta p’raí são gajas. Ora o puto fica com o avô e tal, vai crescendo e torna-se um gajo fino, bem vestido e que vai a boas festas.

Às tantas vê uma gaja e pensa: “Ui, que gaja tão boa!” e p’raí na página 400 começam a ir para a cama os dois e andam aí umas boas 200 páginas, pim, pim, troca e vira e agora nesta casa e agora naquela e pumba e… só que às tantas vem um gajo e diz: “-Eh pá, olha que a moça é tua irmã!” e o Carlos fica “eh pá, isso não pode ser, que nojo!” de maneiras que dá-lhe só mais duas ou três trolitadas e vai dar uma volta ao mundo, para espairecer, e acaba tudo em bem porque, ao menos, não tiveram filhos. Porque se tivessem eram, de certeza, meio tantans, babavam-se, como o meu primo Zé Luís, que os pais também eram parentes.

ENSINAMENTOS DA OBRA:

Read more

DST está a Recrutar

A dst está a recrutar para o seguinte perfil e função:

Engenheiro Civil / Diretor de Obra

Perfil do/a Candidato/a:
- Licenciatura em Engenharia Civil;
- Experiência comprovada na área de gestão de obra e de equipas de trabalho (fator eliminatório);
- Experiência profissional mínima de 5 anos em obras de hidráulica, nomeadamente saneamento;
- Orientação para o cliente e vocação para trabalhar por objetivos;
- Bons conhecimentos de informática na ótica do utilizador.
- Domínio do software Autocad, MS Project, CCS e SAP;
- Capacidade de liderança e de trabalho, com grande aptidão para a comunicação com públicos diferenciados;
- Domínio da língua francesa;
- Domínio da língua inglesa;

Oferta:
- Salário compatível com função;
- Regalias existentes na empresa.

Enviar curriculum vitae até 17 de Abril, com ref.ª “DST Engenheiro Civil / Diretor de Obra” para:

rh.candidaturas@dstsgps.com

A bysteel está a recrutar para o seguinte perfil e função:

Orçamentista (M/F)

Perfil do/a candidato/a:
- Licenciatura em Engenharia Civil;
- Conhecimentos de informática na ótica do utilizador, especialmente AutoCad e CCS;
- Conhecimentos de francês e Inglês;
- Proatividade, dinamismo e profissionalismo;
- Disponibilidade imediata.

Oferta:
- Salário compatível com função;
- Regalias existentes no grupo.

Enviar Curriculum Vitae com ref.ª “ Bysteel_Orçamentista” para
rh.candidaturas@dstsgps.com

dst

 

Read more

Costeira Empreiteiros recruta preparador de Obra

3a4c5daf-6bab-4f3a-a6c8-b5cb15cd23ae_LOGO_LARGE

- Experiência mínima de 5 anos na função,

- Disponibilidade imediata; Dinamismo, ambição e responsabilidade.

- Damos preferência a profissionais com formação na área devidamente comprovada e domínio em informática (Autocad, desenho 3D).

-Aceitam-se candidatos que tenham licenciatura em Engenharia civil ou Arquitectura.

- Oferecemos Salário compatível com a experiência demonstrada e Integração numa equipa dinâmica e orientada para objectivos

Enviar currículo detalhado para

tecnico.recrutamento@gmail.com
(Refª. Preparador de Obra 2014).

Read more

Central de Projectos procura Engenheiro Civil

- Engenheiro/a Civil com experiência em Projeto e Fiscalização de Equipamentos na Área da Saúde (fator eliminatório);

- Disponibilidade para trabalhar em Angola;

- Experiência mínima de 3 anos em funções idênticas;

- Bons conhecimentos de informática;

- Disciplina e capacidade de trabalho em equipa;

- Oferece-se remuneração compatível com a experiência e funções a desempenhar.

Se reúne as condições indicadas deve enviar a sua candidatura para:

geral@centralprojectos.pt

central

Consulgal recruta Engenheiros Civis

Empresa de Consultoria pretende seleccionar Engenheiro Civil para a Fiscalização de Empreendimentos, nas zonas Norte, Centro e Sul do país, com mínimo 3 a 5 anos de experiência profissional para as seguintes vagas:

- Fiscal de Electromecânica

- Fiscal de Construção Civil

- Coordenador de Segurança e Saúde

Resposta com CV e Certificados (de habilitações e profissionais), indicando a posição a que se candidata em “Assunto”, para

gestaoefiscalizacao@consulgal.pt

Consulgal

Read more

Estudante de Engenharia dá volta à Europa com apenas 31€

Diogo Bhovan, com 19 de idade e estudante de engenharia informática em Coimbra tinha o sonho, como muitos de nós, de dar uma volta ao mundo. No entanto, não tinha dinheiro suficiente. Como tal, decidiu limitar a sua viagem visitando apenas países da Europa durante um mês.

Até aqui seria tudo normal, não fosse ele fazer esta viagem com um orçamento de apenas 31€. Sim, leu bem, apenas 1€ por dia!

Para cumprir o seu objectivo teve que andar à boleia, dormir em casa de desconhecidos, dormir em camiões.

A sua vida ficou facilitada com algumas ajudas que ia recebendo sobretudo pela divulgação que o projecto estava a ter.

Teve ainda a particularidade de acabar a viagem com mais dinheiro do que o que começou.

Veja a notícia completa em baixo e visite a página do Facebook do projecto clincando aqui

E tu? Tinhas coragem de uma aventura destas?

viagem

Dicas para um recém formado em Engenharia Civil encontrar emprego

dicas-recem-formados-desempregados-engenharia-civilNão é novidade para quase ninguém que hoje em dia é muito difícil um engenheiro civil encontrar emprego em Portugal. Se for recém-formado sem experiência, pior ainda.

Não tenho aqui a fórmula mágica, mas um conjunto de dicas para o ajudarem:

1.       A procura de emprego não começa quando acaba o curso.

Começa alguns meses antes. Quanto mais tarde começar, mais gente terá à sua frente.

2.       Faz uma listagem de empresas

Certifique-se que todas as empresas têm o teu CV.

3.       Não envies só CVs por e-mail

Se envias o teu CV por e-mail, serás apenas mais um no meio de milhares. Vá à sede da empresa e peça para falhar com alguém do Departamento de Recursos Humanos. Crie empatia, pergunte por oportunidades de emprego e deixa uma boa imagem. Quando precisarem de alguém pode ser que se lembrem de ti.

4.       Faça a sua tese em colaboração com uma empresa

Isto permite-lhe conhecer a empresa e ganhar alguma experiência. Se ficarem com uma boa imagem sua, pode ser que lhe proponham um contrato.

Read more