Archive for 21/06

Oportunidades de emprego na Noruega

No âmbito das actividades promovidas pela rede EURES (integradas no IEFP), irá ser realizado no próximo dia 29 de Junho, a partir das 14h00 e no ISEL (Instituto Superior de Engenharia de Lisboa), o evento “Want to work as an Engineer in Norway?”.

Este evento visa:

– por um lado, alargar o leque de oportunidades de emprego ao dispor dos candidatos a emprego na área das Engenharias, possibilitando a diversificação das suas experiências de trabalho e a aposta numa carreira internacional;

– por outro, corresponder às necessidades identificadas de profissionais na área das Engenharias na Noruega (um país que vem, desde 2007, trabalhando com o EURES Portugal com algum sucesso na integração de profissionais neste domínio).

O evento contará com a presença de Conselheiras EURES da Noruega e de empresas norueguesas, a recrutar em diversos segmentos das Engenharias. O programa integrará:

– uma sessão sobre condições de vida e trabalho na Noruega;

– apresentações das empresas participantes;

– contacto directo entre candidatos e empregadores, em particular no âmbito das necessidades de recrutamento em divulgação;

– aconselhamento personalizado EURES aos participantes que o requeiram (sujeito a disponibilidade de agenda, a gerir face ao número de participantes).

No caso da Noruega, as necessidades de recrutamento na área das Engenharias não são de curto prazo, perspectivando-se que possam continuar a existir novos momentos de recrutamento (estando o próximo previsto para 21 e 22 de Outubro, em Aveiro, no âmbito dos Dias Europeus do Emprego).

Mais informamos que a seguinte notícia, bem como as necessidades de recrutamento específicas das entidades empregadoras no presente momento, se encontram em divulgação no Portal do IEFP, no NETemprego e no site nacional do EURES.

Para ver mais algumas informações, clique aqui.

ANET e o Exercício de Engenharia no Brasil

Depois da Ordem dos Engenheiros, também a Associação Nacional dos Engenheiros Técnicos se encontra em negociações com a CONFEA para celebrar um protocolo que facilite o processo de integração de engenheiros técnicos no Brasil,

A CONFEA, para quem não sabe, é o Conselho Federal de Engenharia, Arquitectura e Agronomia.

Estas diligências tiveram como origem um elevado número de engenheiros técnicos que pretendem exercer a sua profissão no Brasil.

Este assunto vai ser discutido entre 29 de Junho e 1 de Julho, em sessão plenária ordinária.

Alterações no blogue Engenharia Portugal

Venho por este meio informar a todos os que acompanham o blogue Engenharia Portugal que este blogue vai sofrer um conjunto de modificações que visam melhorar o blog e adquirir mais visibilidade.

Assim, uma das primeiras modificações vai ser comprar um domínio próprio (sem a palavra wordpress) e alojamento próprio. Assim, o novo endereço será www.EngenhariaPT.com, mantendo o nome actual: “Engenharia Portugal”.

Uma segunda modificação vai ser criar uma Newsletter quinzenal para que periodicamente quem a subscreva receba no seu e-mail não só o resumo daquilo que foi feito no blogue, como também conteúdos exclusivos, nomeadamente oportunidades de emprego e documentação útil, entre outros.

A terceira modificação será “lavar a cara” ao blog, dando-lhe uma nova imagem (espera-se que melhor).

O Lançamento do novo blogue está previsto para o dia 4 de JULHO, mas como se sabe, em Portugal tudo se atrasa. Todos os leitores serão devidamente e atempadamente informados.

Os que acompanham diariamente o blogue também têm uma palavra a dizer, se assim entenderem pelo que usem a caixa de e-mail ou a de comentários para expressar a vossa opinião.

Obviamente que estas modificações implicarão encargos que serão suportados por mim. Se houver alguma(s) pessoa(s) ou entidade(s) que queiram patrocinar estas alterações, é favor enviar e-mail para engenhariaportugal@gmail.com.

Engenharia Portugal e os seus Seguidores

Pouco depois de ter anunciado que iriam ocorrer algumas modificações neste blogue qual não é o meu espanto quando surge um novo blogue com o nome Engenharia Portugal. Sim, por muito original que possa parecer o nome foi esse o nome escolhido por alguém (que não eu) para criar um novo blogue sobre engenharia civil.

Queria deixar claro que o blogue EngenhariaPortugal.wordpress.com não tem qualquer ligação com a sua cópia (engenhariaportugal.com). Mas claro que há espaço para todos na blogosfera portuguesa.

 

Fico contente por saber que há cada vez mais pessoas a escrever sobre engenharia civil. No entanto não deixo de ficar um bocado triste por alguém estar a aproveitar-se da reputação do nome deste blogue, já consolidado ao longo destes últimos 4 meses.

Ao “artista” que criou este novo blogue, espero que continue a escrever sobre engenharia civil e não terei qualquer problema em acompanhar o blogue (poderei é ter alguns problemas de identidade, pois ser administrador do blogue Engenharia Portugal e estar no blogue Engenharia Portugal que não é meu causa-me alguma  confusão).

PS: Não é minha intenção entrar em guerra com ninguém, principalmente com que está preocupado em divulgar a Engenharia Civil. Assim sendo, não há problema de haver dois blogues Engenharia Portugal. Existem também dois blogues “Engenharia Civil” e não é por isso que um ou outro tem menos seguidores. Dou por encerrado este assunto.

Curso de Projecto de Acústica de Edifícios

Caros Colegas,

Informamos que a Log(Acústica), Consultores Associados, empresa de Engenharia especializada em Acústica, Ruído e Vibrações nas componentes Ambiental e de Edifícios, se encontra a organizar conjuntamente com a entidade formadora Schumal, dois cursos de Projecto de Acústica de Edifícios, um no Porto e outro em Viseu, que irão ter início respectivamente nos próximos dias 9 e 12 de Julho.

Ambos os cursos terão a duração de 28 horas de formação em sala, e incluem como extra duas tardes para o esclarecimento de dúvidas com os formadores nas instalações da Log(Acústica), tendo em vista a elaboração integral de um projecto de acústica de um edifício de habitação e comércio corrente.

Os conteúdos formativos previstos estão direccionados para exemplos práticos relacionados com projectos de acústica de edifícios correntes, sendo a maioria do tempo dedicado à aplicação de métodos de cálculo em situações típicas de projecto e à definição de soluções construtivas adequadas às exigências de conforto acústico de edifícios habitacionais com fracções de comércio nos níveis inferiores.

Nas várias edições já realizadas os formandos formam unânimes em considerar que a frequência do curso foi decisiva para incrementar as suas competências profissionais nesta área, tendo-lhe atribuído em média uma nota global superior a 90%.

Destinatários

Engenheiros; Arquitectos; Finalistas dos cursos de Engenharia e Arquitectura; Quadros superiores das empresas do sector da construção.

Programa Detalhado
– Introdução à Acústica e ao Projecto de Acústica.
– Noções Base de Acústica e Legislação.
– Cálculo de Elementos Simples e de Elementos Duplos.
– Pré-Dimensionamento de Soluções Construtivas.
– Isolamento Sonoro a Sons Aéreos Exteriores e a Sons de Percussão.
– Isolamento Sonoro a Sons Aéreos Interiores.
– Critérios e Desenvolvimento do Projecto.
– Ruído de Equipamentos.
– Tempo de Reverberação.
– Dúvidas de Projecto e Soluções Construtivas.

Formadores

O curso será ministrado por dois formadores com cerca de dez anos de experiência profissional em Acústica, Ruído e Vibrações, incluindo Projecto e Consultoria em Acústica de Edifícios, Acústica de Salas, Acústica Ambiental e Acústica Laboratorial, tendo exercido a sua actividade profissional em empresas privadas e laboratórios. São membros de diversas organizações profissionais entre as quais destacam a OE, a ANET e o IOA (UK).

Informações
www.logacustica.com/servicos/formacao.htm / geral@logacustica.com

Inscrições
www.schumal.com / geral@schumal.com

Custo
340 € (IVA incluído).

Guest Post do Eng. Tiago Ferreira

Prémios Construir 2011

Está aberta a votação para aqueles que mais se destacaram no sector da Construção,  Arquitectura, Engenharia e Imobiliário em mais uma edição dos Prémios Construir 2011.

A entrega destes prémios decorrerá no próximo dia 11 de Julho, no Casino de Lisboa, Parque das Nações.

As votações decorrerão até 7 de Julho, sendo necessário ser assinante ou subscritor da Newsletter do Jornal Construir, bastando para isso que introduzir o endereço de mail da subscrição.

Quem quiser mais informações consulte o site oficial, aqui.



Atalhos AutoCAD

No seguimento do post de ontem, publicam-se hoje uma listagem de atalhos utilizados no AutoCAD. Estes atalhos permitem amentar a velocidade de trabalho

3A, *3DARRAY
3DO, *3DORBIT
3F, *3DFACE
3P, *3DPOLY
A, *ARC
AC, *BACTION
ADC, *ADCENTER
AA, *AREA
AL, *ALIGN
AP, *APPLOAD

Read more

Comandos AutoCAD

Uma vez que nem todos podem tirar um curso de AutoCAD, é necessário ser um auto-didacta na aprendizagem deste software. Apresentam-se aqui alguns comandos mais utilizados no programa AutoCAD.

A, *ARC -> Desenha arcos. Deve-se sempre considerar o sentido anti-horário para o desenho dos arcos.

ADC, *ADCENTER -> O AutoCAD DesignCenter (ADC), semelhante ao Explorador do Windows, apresenta uma janela com um interface intuitivo no qual pode pesquisar os conteúdos dos desenhos. Com o AutoCAD DesignCenter pode visualizar listas do conteúdo dos desenhos tal como de blocos, layers, estilos de texto, de outros desenhos. Pode simplesmente arrastar e largar qualquer um destes conteúdos para um qualquer desenho aberto

AA, *AREA -> Informa a área e o perímetro de figuras definidas por pontos ou por polilinhas.

B, *BLOCK -> Este comando cria uma entidade “bloco” com as entidades seleccionadas. Este bloco criado existe somente no desenho em edição.
Obs: É possível redefinir um bloco no desenho, refazendo o bloco utilizando o mesmo nome.

BR, *BREAK -> Quebra linhas, polilinhas, círculo ou arco num ou dois pontos.

C, *CIRCLE -> Desenha círculos pelo centro e raio; centro e diâmetro; 2 pontos; 3 pontos; duas tangentes e raio e três tangentes.

CP, *COPY -> Copia uma entidade ou um grupo de entidades seleccionadas de um ponto base para um ponto final. A opção multiplus permite a cópia do mesmo objecto várias vezes.
Obs: A opção COPY WITH BASE POINT é muito útil para copiar um objecto para outra parte do desenho tendo um ponto de referência. Igualmente útil é a opção COLAR COM AS COORDENADAS ORIGINAIS, que permite colar uma entidade num ambiente de trabalho novo, mantendo a sua localização espacial.

DI, *DIST -> Informa a distância entre dois pontos.

DIV, *DIVIDE -> Divide uma entidade em segmentos iguais. Seleccione uma entidade e depois introduza o número de segmentos que deseja.

Read more

Engenharia Civil é difícil?

Muita gente tem-me perguntado por e-mail se o curso de Engenharia Civil é difícil. A resposta é curta e simples: NÃO é difícil!

Existe um mito de que as engenharias são cursos que facilmente se entra e que dificilmente se sai. Na minha opinião isso é mais mito que realidade. Quando se está num curso que se gosta (mesmo que se apanhe algumas disciplinas que não servem praticamente para nada), aprende-se com facilidade e praticamente não é preciso estudar.


No entanto, há que ter cuidado com os primeiros anos com as matemáticas para que se evite  começar o curso “manco”. É um facto que quem começa “manco” terá mais dificuldade em acabar o curso em 5 anos (ou 3 dependendo do curso).  Se se deixa duas ou três disciplinas no primeiro ano aquilo pode transformar-se numa bola de neve incontrolável. É preciso também ter cuidado com uma ou outra disciplina de 3º e 4º anos que nos pode fazer tropeçar.

Obviamente que a maior ou menor dificuldade vai depender da pessoa. Enquanto que para o Ronaldo jogar futebol é muito fácil, para mim que tenho dois pés esquerdos é bem mais complicado. Num curso de engenharia é a mesma coisa. Uns vão ter mais aptidão que outros. Daí que uns vão ter mais dificuldades do que outros. E esses vão ter que estudar mais não há volta a dar.

O segredo para se tornar fácil um curso de engenharia civil? Nunca faltar a nenhuma aula prática. São neste tipo de aulas que se aprende realmente aquilo que é necessário saber. As teóricas, por sua vez, também são importantes. No entanto considero estas últimas mais dispensáveis que as práticas.

Claro que toda a gente conhece gente que não consegue acabar o curso no período de tempo previamente estabelecido. Porquê? A maioria não se adaptou bem à universidade nos primeiros anos. Outros baldaram-se às aulas.

Se a pergunta fosse: “é fácil tirar boas notas em engenharia civil?”. Aí a minha opinião seria ligeiramente diferente.

Conclusão: o curso de engenharia civil não é nada difícil. É preciso ter cuidado com algumas disciplinas, mas não é nada de muito extraordinário. Vão às aulas, estejam atentos e façam bons apontamentos. Depois correrá tudo bem!

Soutiens e a sua importância na acústica

Soutiens usados estão a ser recolhidos para serem posteriormente reciclados e utilizados em painéis isoladores e de absorção sonora.

Intimissi e Triumph foram as duas empresas que adoptaram este tipo de estratégia. A marca italiana desconta 3€ no processo de retoma, enquanto a alemã desconta 5€.

Segundo representantes do Grupo Calzedonia, detentores da Intimissi, estes foram a primeira marca de roupa íntima a promover a reciclagem de soutiens, para produção de painéis absorventes e isoladores de som capazes de atenuar vários tipos de poluição sonora e de assegurar excelentes performances a nível sonoro. Por outro lado, representantes da Triumph alegam que esta prática é da sua autoria, tendo sido lançada em 2009 na Alemanha.

Em Portugal, o conceito apenas chegou em Março de 2010 e segundo os representantes das marcas tem sido um sucesso.

Os soutiens recolhidos pela Intimissi são entregues à empresa OVAT Campagnari SRL, “líder na recolha e recuperação de materiais” sendo depois transformados em painéis acústicos.