Mota-Engil, Teixeira Duarte e Soares da Costa no TOP 50

As construtoras portuguesas Mota-Engil, Teixeira Duarte e Soares da Costa integram o ‘ranking’ das 50 maiores empresas de construção da Europa, segundo um estudo da consultora Deloitte. Este estudo, intitulado “European Powers of Construction 2010”, concluiu que os três grupos facturaram, em conjunto, 4,3 mil milhões de euros no ano passado, um valor que compara com os 3,8 mil milhões de euros registados em 2008.

Das três construtoras portuguesas incluídas no estudo, que apresenta o ‘ranking anual das 50 maiores empresas europeias de construção baseando-se no volume de negócios, a Mota-Engil é, à semelhança das últimas edições, a melhor classificada.

A Mota-Engil, é a empresa portuguesa em melhor posição (30º), com cerca de dois mil milhões de euros de volume de negócios no ano fiscal de 2010, acima dos 1,8 mil milhões registados em 2008.

Surge depois o grupo Teixeira Duarte, que ocupa a 37.ª posição, com 1,4 mil milhões de euros, face aos 1,3 mil milhões de euros de 2008 e, por fim, na 47ª posição, o grupo Soares da Costa com um volume de negócios de 894 milhões de euros, acima dos 59 milhões de euros de 2008.

O primeiro lugar da tabela é, à semelhança das edições anteriores do estudo, ocupado pela francesa Vinci, com um volume de negócios total de cerca de 33 mil milhões de euros, no ano fiscal de 2010.

Seguem-se a Bouygues (França), a Hochtief (Alemanha), a ACS (Espanha) e a Eiffage (França).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *