Archive for 21/07

Estádios do Mundial 2014

Depois de ter-se apresentado aqui os estádios que serão utilizados no Mundial de Futebol de 2014, apresenta-se agora um vídeo com mais algumas imagens destes estádios brasileiros.

Crise no Imobiliário

A crise no sector imobiliário português é conhecida por todos. Por isso, há que apostar noutro tipo de mercados.

Esta singela fotografia foi tirada numa freguesia do concelho da Póvoa de Varzim. Uma coisa é certa: a vizinhança é calma.

Também pode ser considerada uma mensagem subliminar: o sector do imobiliários está às portas da morte.

O anúncio pode ser consultado aqui.

Realço ainda o facto de especificarem que este terreno não possui Piscina, Churrasqueira, Alarme, Garagem, Elevador nem Vidro duplo!

Realmente é estranho um jazigo não ter nada disto.

Primeira Engenheira Civil Portuguesa

A primeira engenheira civil portuguesa formou-se  na Academia Politécnica do Porto, antecessora da Universidade do Porto.

Rita de Moraes Sarmento, nascida em 1872 ingressou nesta instituição em 1887 (tinha 15 anos) no 1º curso de Engenheiros Civis de Obras Públicas.

Curiosamente, apenas teve uma colega do mesmo sexo no quinto ano.

Finalizado o curso, poderia exercer a a profissão de engenheira civil de obras públicas. No entanto, nunca chegou a exercer pois casou-se com António dos Santos Lucas, Tenente de Engenharia e Doutor em Matemática pela Universidade de Coimbra.

Era a filha mais nova de quatro filhas. Os pais, Rita de Cássia de Oliveira Moraes e Anselmo Evaristo de Moraes Sarmento, recebiam com frequência visitas de políticos e intelectuais da época como Teófilo Braga (padrinho da terceira filha), Oliveira Martins, Ramalho Ortigão, Camilo de Oliveira e Antero de Quental. O pai de Rita era jornalista, publicista e defensor dos ideais do Liberalismo. Era proprietário da Tipografia “Imprensa Portuguesa”, tendo sido fundador de diversos periódicos, entre os quais a “Gazeta Literária do Porto”.

Esta primeira engenheira civil portuguesa viria a falecer em 1931, com 59 anos de idade.

Virgínia Moura foi a segunda engenheira formada no Porto e a primeira licenciada pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Reabilitar a Custo Zero

O conceito, vencedor do concurso “Faz – Ideias de Origem Portuguesa”, é proposta por José Paixão, arquitecto de profissão, que reuniu uma equipa composta por um engenheiro civil (Diogo Coutinho) e a estudante de arquitectura (Angélica Carvalho).

Consiste na criação de uma organização sem fins lucrativos cujo objectivo é reabilitar os edifícios sem qualquer custo para senhorios e proprietários.

Isso é conseguido recorrendo a estudantes de Engenharia e Arquitectura (portugueses e europeus), assim como materiais de construção doados. Assim, estes estudantes ao voluntariar-se para realizar este tipo de projectos estão a ganhar experiência de trabalho. Já as empresas que doarem materiais poderão ser “ajudadas” com isenções fiscais ou outro tipo de incentivos. Além disso, será uma boa forma de publicitarem-se e ganharem notoriedade. Como contrapartida, os proprietário deveriam fornecer seria alojamento e alimentação aos estudantes.

Este tipo de obras poderia servir como casos de estudo para cursos e disciplinas focalizadas para a reabilitação de edifícios.

Estágios na Ordem dos Engenheiros

Como a maioria sabe, para ser membro efectivo da Ordem dos Engenheiros é necessário, mesmo para cursos acreditados, realizar um estágio numa empresa tendo o candidato a designação de “Membro Estagiário”. Este pode ter uma duração entre 6 meses e 2 anos.

O guia 2011 deste tipo de estágios, com muita informação útil pode ser consultado aqui.

Ordem dos Engenheiros admite membros com curso de 3 anos

A Assembleia de Representantes da Ordem dos Engenheiros aprovou, em 9 de Julho, alterações significativas ao Regulamento de Admissão e Qualificação (RAQ), permitindo a implementação da decisão do mesmo órgão, tomada a 26 de Março, de admitir membros detentores do grau de licenciado em Engenharia (licenciatura de três anos pós-Bolonha).

Nos requisitos para admissão à Ordem dos Engenheiros (OE), mantém-se o que estipula o respectivo estatuto, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 119/92, de 30 de Junho, e que compreende a obtenção de um grau académico do ensino superior em curso de engenharia, provas de admissão à Ordem e estágio.

Com a presente revisão do RAQ, inicia-se na OE um novo ciclo, relativo à adaptação da profissão de Engenheiro ao desafio colocado pelo Processo de Bolonha, mantendo-se a mesma determinação na promoção da qualidade da Engenharia em Portugal, através da atribuição do título profissional de Engenheiro e do reconhecimento de qualificações profissionais individuais, ajustadas ao nível de conhecimentos, aptidões e competências na admissão, garantindo condições de valorização e de reconhecimento do desenvolvimento profissional ao longo da carreira.

Com esta decisão histórica, a OE, para além de se posicionar perante os desafios do futuro, mantém como princípio orientador a afirmação das exigências de qualidade que sempre nortearam os seus objectivos, regulando desta forma a actividade dos engenheiros, com o propósito de poder continuar a garantir a confiança pública e o reconhecimento pela Sociedade e pelo Estado.

Lisboa, 11 de Julho de 2011

Carlos Matias Ramos
Bastonário da Ordem dos Engenheiros

MonteAdriano

A MonteAdriano, ou melhor, o Grupo Monte é uma das maiores empresas de construção civil portuguesas e tem a sua sede na cidade da Póvoa de Varzim. Formou-se da fusão da empresa “Monte e Monte” e a “Adriano”, sendo a empresa inicial criada em 1940.

Divide-se em cinco áreas de negócio: “Engenharia e Construção”, “Concessões”, “Agregados e Betões”, “Ambiente e Engenharia” e “Imobiliária e Turismo”.

Geograficamente, esta empresa possui obras não só em Portugal como também no Brasil, Roménia, Angola, Moçambique, Marrocos, Cabo Verde, São Tomé e Omã.

A sua internacionalização tem sido uma constante, tendo mesmo ganho o “prémio internacionalização”, dos Prémios Construir 2011.

Contactos:

MonteAdriano

R. Maria da Paz Varzim, 116

4490-658 Póvoa de Varzim

Tel: 252 29 13 00

Fax: 252 29 13 10

e-mail: geral@monteadriano.pt

 

Prego Impossível

Será que alguém descobre como se conseguiu pregar este prego?

Read more

Parque de diversões em Obra

Lançamento Incremental – Animação 3D

A animação apresentada simula a construção de uma ponte usando a técnica do lançamento incremental.