Lâmpadas incandescentes de 60 watts vão ser proibidas

As lâmpadas de 60 watts vão deixar de ser comercializadas no final deste mês. Esta medida, imposta pela União Europeia não está a ser bem recebida, uma vez que as suas alternativas (lâmpadas florescentes compactas) tiveram um aumento de 20% no seu preço.

Esta proibição de comercialização deste tipo de lâmpadas visa combater as alterações climáticas. Assim sendo, até 2013 todas as lâmpadas da categoria C ou inferior deixarão de ser vendidas.

Estima-se que a substituição de lâmpadas incandescentes por lâmpadas mais eficientes permita reduzir os gastos energéticos entre 5 a 10 mil milhões de euros/ano.

saída das lâmpadas incandescentes do mercado será feita de forma gradual e por fases, com vista à substituição por lâmpadas de halogéneo e lâmpadas florescentes compactas.

Recorde-se que em 2009 foram proibidas a venda de lâmpadas incandescentes com mais de 100 watts e em 2010 deixaram de ser comercializadas as de 75 watts.

A partir de 1 de Setembro de 2012 serão proibídas as de 7 a 40 W, enqunto 1 de Setembro será proibida a comercialização de lãmpadas incandescentes com 7 watts ou menos.

Artigos Relacionados:

  1. Burj Dubai

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *