Archive for 17/05

Empresas do Fundo Vallis dão origem ao grupo Elevo

“Elevo” é a nova designação corporativa do fundo para a consolidação do sector da construção e que neste momento integra a Edifer, a MonteAdriano, a Eusébios e a Hagen, naquele que será neste momento o quarto maior grupo nacional na área da construção.

Numa sessão de apresentação à imprensa, o presidente executivo do novo grupo, Pedro Gonçalves, considera que este “é o ponto de partida para um caminho que será longo e necessariamente difícil de criação de um grupo forte a partir de quatro realidades distintas entre si”. “A nova marca representa nossa coesão, debaixo da qual trabalharemos em conjunto”, assegurou Pedro Gonçalves nesta sessão, que contou com a presença de Pedro Rodrigues, chief financial officer (CFO) da Elevo e de Paulo Ferreira, o novo chief operating officer (COO) do grupo.

Considerando a baixa expressão que o mercado nacional terá nos próximos anos, a estratégia do grupo passará por potenciar a actividade comercial internacional,a partir das múltiplas valências e mercados que os quatro grupos detém. Essa estratégia estará suportada, essencialmente, pela área da Construção e da Engenharia, o que necessariamente conduzirá a operações de alienação ou fusão de áreas que não são prioritárias, nomeadamente a vertente imobiliária e na área das concessões, cujos activos representarão cerca de 150 milhões de euros.

In Construir

 

Elevolution – A Nova Empresa de Construção Civil

elevoMonteAdriano, Edifer, Hagen e Eusébios como a maioria sabe foi adquirida pelo fundo Vallis e fazem parte do mesmo grupo. O dia de hoje foi especial para estas empresas pois conhecem o novo nome e logotipo.

Assim, a partir de hoje estas empresas fazem parte do Grupo Elevo, Elevolution Engenharia.

 

Seminário sobre Compatibilidade entre endurecedores de superfície e betão de Base

Data: 27 de Maio de 2013
Local: Sala de Conferências, Polo da Mitra, Universidade de Évora (C.GPS: 38.529842,-8.01797)
Hora: 14:30h
Objectivo:
A aplicação de endurecedores na superfície de pavimentos não é recente. Porém,
a manifestação sistemática de problemas é actual e terá origem na alteração dos
constituintes utilizados, quer no que se refere ao betão de base quer no endurecedor utilizado. Este foi o principal motivo que levou à criação do projecto de investigação FCT PTDC/ECM/105075/2008.
Neste seminário vão ser apresentados os resultados do projecto e um guia com
as principais recomendações para a execução de pavimentos em betão com endurecedores de superfície.
Inscrições:
A inscrição é gratuita e inclui a participação nas sessões técnicas
e visita às lajes experimentais. Para efectuar a inscrição
basta enviar um e-mail para tpa@uevora.pt com o nome completo
e contacto. Inscrições limitadas.
No final será entregue um certificado de participação.
Data limite de inscrições: 27 de Maio de 2013
Destinatários:
Este seminário interessa aos diversos intervenientes no sector
da construção: empresas que executam e fiscalizam este tipo
de trabalhos, projectistas, empresas produtoras de betão, empresas
produtoras de cimento, empresas produtoras de endurecedores
de superfície, empresas construtoras, câmaras municipais
e outras entidades públicas. Constituirá também uma
excelente formação complementar aos alunos do ensino politécnico e Universitário.

Eng. Civil Bragança

Requisitos:

– Residência no distrito de Bragança ou de Vila Real
– Disponibilidade para deslocações
– Com ou sem experiência

Oferecem:

– Integração em empresa sólida e em expansão
– Salário compatível com a função e a experiência

Os interessados deverão enviar CV com foto para

drh@sousacamp.com

3 oportunidades de emprego – Engenharia Civil

Engenheiro Civil  – Internacional – SCIE
Perfil do Candidato:
– Licenciatura em Engenharia Civil;
– Mínimo 2 anos de experiência em inspecções (preferencial);
– Conhecimentos de MS Project e AutoCAD;
– Domínio da língua Inglesa (oral e escrito);
– Espírito de equipa e com atenção ao detalhe;
– Capacidade de Comunicação;
– Gosto por desafios e boa capacidade de resolução de problemas;
– Conhecimentos em Segurança Contra Incêndio em Edifícios (Eliminatório);
– Possibilidade de residir no estrangeiro.

Oferta:
Possibilidade de integração em empresa em forte expansão de referência.
Pacote salarial aliciante e compatível com a função.

Aos interessados solicita-se o envio de CV em inglês com foto para o email

maria.aranha@hrprofiler.pt

Por favor no envio do seu currículo, mencione o título da função a qual se está a candidatar

 

Engenheiro Civil com experiência em Geotecnia

Função:
Engenheiro Projectista
Descrição das funções:
Integração numa equipa para desenvolvimento de Projectos na Área da Engenharia Civil (Obras de Arte, Edifícios, Estruturas Especiais, Geotecnia, etc);

Requisitos/Perfil:
Ter Mestrado de Bolonha ou Licenciatura pré-Bolonha na área da Engenharia de Estruturas;
Ter Pós-graduação na área da Geotecnia;
Ter entre 3 a 5 anos de experiência em Projectos de Geotecnia e Estruturas;
Disponibilidade para deslocações ao Exterior;

Agradecemos envio de respostas para

recursos_humanos@triede.pt

, acompanhadas de Currículum Vitae actualizado.

 

Eng. Civil – Aveiro – Higiene e Segurança

Precisa-se Engenheiro Civil com residência na zona de Aveiro
Experiência mínima de 5 anos, com experiência em contratos públicos e de preferência com CAP de Higiene e Segurança.

Os interessados devem enviar CV e carta de apresentação onde mencione as expectativas, para

ccivil.rh@gmail.com


Melhores Universidades de Engenharia Civil

feupFoi publicada a listagem nas melhores Universidades de Engenharia Civil do Mundo. No Top 200 constam apenas 3 Universidades Portuguesas, por esta ordem:

– Universidade do Porto

– Universidade Técnica de Lisboa

– Universidade de Coimbra

Já o Brasil, consegue colocar 4 Universidades no Top 200:

– Universidade de São Paulo

– Universidade Federal do Rio de Janeiro

– Universidade Federal do Rio Grande Do Sul

– Universidade Estadual de Campinas.

A título de Curiosidade, a Melhor universidade para se estudar engenharia Civil é o Colégio Imperial de Londres.

Consulte a Listagem Completa aqui.

 

 

II Fórum de Engenharia Civil da UTAD

Realiza-se nos próximos dias 8 e 9 de Maio o II Fórum de Engenharia Civil da UTAD:

Dia 8- Emprego e Internacionalização – “Engenheiros sem Fronteira”

Dia 9 – Inovação e Sustentabilidade na Engenharia Civil

Veja o programa na página do FacebooK, aqui

Inscrições aqui.

Job Party em cinco universidades do país

A Job Party vai estar em cinco universidades do país com ações de formação para ajudar os futuros licenciados a conseguirem um melhor desempenho no mercado de trabalho. O evento decorre de 3 a 16 de Maio e inclui ‘workshops’, palestras e apresentações de programas de emprego.

A iniciativa tem início esta sexta-feira na Universidade do Algarve e, ao longo dos próximos dias, vai passar pela Universidade do Minho (dia 7), pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (dia 8), pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa (dia 15) e, por fim, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (dia 16).

O evento organizado pelo Fórum Estudante é de entrada gratuita mas tem lugares limitades, por isso os interessados devem fazer uma pré-inscrição no site oficial da organização. A Job Party é destinada tanto a alunos que ainda frequentem o ensino superior, como a recém-licenciados.

As ações de formação que vão decorrer nos dias do evento pretendem ajudar os estudantes a compreender a temática da inserção profissional e saber quais as condicionantes da integração no mercado de trabalho para jovens diplomados.

O objetivo é ajudar a melhorar as competências de comunicação de quem está prestes a iniciar a sua experiência profissional de forma a conseguir um melhor desempenho perante um recrutador.

Durante o evento, os alunos inscritos vão receber o “Guia do 1º Emprego” e vão poder assistir a uma conferência nacional relativa ao mesmo tema. Também a palestra “Empreendedorismo – Cria o teu próprio emprego” é uma das atividades em destaque na edição de 2013 da Job Party.

In www.boasnoticias.com

Queima do Porto começa em Tragédia

Um estudante da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto foi abatido a tiro, na madrugada deste sábado, quando tentou resistir a quatro assaltantes encapuzados e armados que irromperam na zona das bilheteiras do Queimódromo do Porto, na Estrada da Circunvalação. Dois seguranças do recinto da Queima das Fitas foram também alvejados mas o seu estado não inspira cuidados.

O assalto ocorreu por volta da 1.15 horas, altura em que vários estudantes, trabalhando por conta da Federação Académica do Porto (FAP), procediam à contagem e entrega do dinheiro dos bilhetes vendidos durante o dia para a Semana Académica.

O apuro, “presumivelmente várias dezenas de milhar de euros”, segundo fonte académica, deveria ficar à guarda da Esegur. Foi pouco antes da chegada da carrinha de valores que se deu o assalto, que acabaria fatal para o estudante Marlon Barbosa Correia, de 24 anos, finalista do curso de Desporto da Universidade do Porto e jogador de futebol do Sporting Clube Arcozelo, em Gaia.

Fonte da PSP apenas revelou que os assaltantes entraram no recinto aos tiros e começaram por assaltar um casal de jovens, de 22 e 24 anos respetivamente, a quem levaram todos os pertences que traziam consigo. Só depois dirigiram-se ao local onde se encontrava o cofre.

Rúben Alves, presidente da Federação Académica do Porto, revelou que os assaltantes acabaram por fugir sem levar o dinheiro.

Durante os acontecimentos, dois seguranças sa SPDE – a empresa que presta segurança ao recinto – ficaram feridos no tiroteio. Foram conduzidos ao Hospital de Santo António, onde, depois de tratamento a alguns ferimentos, tiveram alta.

Marlon Correia nasceu em Caracas, na Venezuela. Filho de emigrantes portugueses, veio viver para Portugal com os pais e um irmão, em 2002. Segundo fonte familiar, os progenitores decidiram regressar a Portugal porque “achavam que aqui era mais seguro”.

O reitor da Universidade do Porto considerou que o assassinato de um estudante daquela academia foi um ato de “violência injustificável” e revelou sentimentos de “revolta” e “indignação” pelas circunstâncias em que o jovem foi baleado.

In JN

4 vagas de emprego – Central Projectos

A empresa Central Projectos está à procura de um total de 4 engenheiros civis para as seguintes áreas:

central

 

 

 

Departamento de Estruturas

Perfil:

– Formação Superior em Engenharia Civil;
– Experiência na área;
– Bons conhecimentos de Cype e Robot;
– Disciplina e capacidade de trabalho em equipa;
– Sentido de responsabilidade e dedicação.

Departamento de Redes

Perfil:

– Formação Superior em Engenharia Civil;
– Experiência na área de redes prediais e públicas (águas, esgotos,
pluviais e gás) e vias de comunicação;
– Bons conhecimentos de informática;
– Disciplina e capacidade de trabalho em equipa;
– Sentido de responsabilidade e dedicação.

Departamento de Fiscalização

Perfil:

– Formação Superior em Engenharia Civil;
– Experiência em fiscalização de obra;
– Bons conhecimentos de informática;
– Disciplina e capacidade de trabalho em equipa;
– Sentido de responsabilidade e dedicação.

Director de Obra – Moçambique

Perfil:
– Formação superior em Engenharia Civil;
– Experiência em direção de obra;
– Bons conhecimentos de informática;
– Disciplina e capacidade de trabalho em equipa;
– Sentido de responsabilidade e dedicação.

(Links nos títulos)