Tipos de Vidros na Construção

Seguem-se os tipos de vidro mais utilizados na construção e que permite aos arquitectos desenvolver casas domésticas e edifícios empresariais cada vez mais arrojados, aproveitando da melhor forma a luz natural, reduzir os gastos energéticos, dar mais beleza e profundidade aos espaços mas mantendo elevados níveis de segurança.
O vidro plano para construção é sem dúvida cada vez mais utilizado em todo o mundo, e continuará a ser visto o vidro ser um produto amigo do ambiente.

Vidro Float
Entre os tipos de vidro o vidro float é o vidro mais comum e é a partir deste que se criam todos os outros tipos de vidro que comercializamos. É um vidro que tende a partir-se em fragmentos grandes e irregulares.É também usado por vezes em janelas com vidros duplos.Vidro Float

Vidro Temperado
O vidro passa por um tratamento térmico que lhe confere maior resistência mecânica. Este vidro pode ser aplicado em portas, montras, mobiliário urbano, fachadas, coberturas, portas vidro de correr, etc.
O vidro temperado é submetido a um tratamento térmico de têmpera, ganhando, após este processo uma maior resistência e segurança, já que quando quebrado se fragmenta em pequenos pedaços não cortantes.
Estes tipos de vidro são criados a partir do normal vidro float, e é aquecido a 600ºC. A sua superfície é rapidamente arrefecida enquanto o interior do vidro continua ainda quente. Esta diferença de temperatura entre o interior e o exterior produz diferentes propriedades físicas e que resulta num equilíbrio entre a tensão de compressão na superfície e a tensão de tração no corpo do vidro.Vidro Temperado

Vidro Laminado
Constituído por duas ou mais chapas de vidro solidarizadas através de butirais de PVB. Este vidro é ideal para janelas.
Oferecem segurança contra impactos acidentais, controle acústico e proteção contra os raios UV. O Vidro Laminado Vasiglass é composto por duas chapas de vidro float intercaladas por uma película plástica de grande resistência (PVB – polivinil burital).
Em caso de acidentes nestes tipos de vidro, os fragmentos de vidro ficam presos na película, evitando ferimentos. Além disso, a película mantém-se intacta, preservando o ambiente até à substituição do vidro.Vidro Laminado

Vidro Duplo
Constituído por dois vidros separados por uma caixa de ar/gás. Este vidro tem um elevado nível de transmissão luminosa ao mesmo tempo que reduz os custos energéticos, sendo ideal para aplicar em janelas, portas e fachadas.
O vidro duplo é constituído por dois ou mais vidros que estão separados entre si, por uma câmara-de-ar desidratada. A câmara-de-ar é constituída por um perfil de alumínio seguido de gás desidratado devidamente estancado. Para que a câmara permaneça estanque é colada com silicone ao longo de todo o vidro, o que permite reforçar as características do vidro duplo.
O vidro duplo é constituído por dois ou mais vidros que estão separados entre si, por uma câmara-de-ar desidratada. Este tipo de vidro permite a criação de um bom isolante térmico muito superior aos vidros comuns. As suas características permitem reduzir as perdas de calor, permitindo uma maior regulação da luz natural e a redução dos ruídos provenientes do exterior. O vidro duplo também aumenta a eficiência energética da habitação, dado que permite reduzir o consumo de energia no que toca à climatização.Vidro Duplo

Vidro Termoendurecido
Semelhante ao vidro temperado tem elevada resistência mecânica e térmica. Este vidro pode ser aplicado em guarda-ventos, fachadas, divisórias.
O Vidro Termoendurecido (Hs) é submetido a um ciclo de aquecimento e arrefecimento. Geralmente é duas vezes mais forte que o vidro monolítico com a mesma espessura e configuração. O vidro termoendurecido deve alcançar uma compressão de superfície residual entre 3.500 e 7.500 psi para um vidro de 6 mm, de acordo com a ASTM C1048. Este tipo de vidro tem melhor resistência ao choque térmico do que o monolítico. Quando se quebra, os fragmentos tendem a ser maiores que aqueles do vidro completamente temperado. No primeiro momento após a quebra, esses fragmentos podem permanecer na sua posição original. O Hs não pode ser usado como vidro de segurança, segundo os parâmetros dos órgãos reguladores.
É destinado às situações em que se desejar um reforço contra o vento ou a quebra térmica. O vidro termoendurecido não pode ser cortado ou perfurado após o tratamento térmico. Quaisquer alterações – tais como polimento das bordas ou gravação com ácido – podem causar a quebra do vidro.Vidro Termoendurecido

Vidro Lacado
Tem uma capa de laca na face de trás do vidro. Este vidro é por norma aplicado em revestimento de paredes e mobiliário, conseguindo-se obter uma grande beleza na decoração. Por exemplo uma das aplicações mais requisitadas é vidro lacado temperado para cozinhas.Vidro Lacado Temperado

Vidro Controle Acústico
Atenua os ruídos do exterior e do interior de edifícios. Este vidro pode ser aplicado no exterior (fachadas, janelas, coberturas) ou interior (gabinetes, separação de salas). Principalmente nas cidades ou em zonas industriais, o tráfego de viaturas, comboios e outros meios de transporte produzem demasiado barulho.
A aplicação de vidro com isolamento acústico permite a redução de som exterior dentro de um edifício para níveis aceitáveis sem sacrificar a luminosidade necessária dentro desses mesmos edifícios.Vidro Contre Acustico

Vidro Controle Solar
Este vidro tem uma capa que limita a entrada de raios solares o que permite economizar nos consumos com climatização. Este vidro pode ser aplicado em janelas e fachadas com exposição solar.
A utilização de vidro com alto isolamento térmico é cada vez mais utilizada em edifícios domésticos e urbanos.
São estes tipos de vidro que os Construtores e reguladores apostam cada vez mais na utilização desta tecnologia, por questões de energia e meio ambiente. Pretende-se assim uma maior conservação de energia e um elevado conforto, minimizando a perdas de energia e condensação interior.Vidro Controle Solar

Vidro Corta fogo
A arquitetura hoje em dia foca-se bastante na transparência, no entanto é necessário manter níveis de segurança para estes tipos de vidro que se focam nas pessoas e na defesa das propriedades, o que leva à utilização de vidro especial, neste caso vidro corta fogo de modo a evitar que em caso de incêndio as chamas não se propaguem.
Em caso de incêndio a superfície em contacto com o fogo, fratura-se mas não se separa permanecendo no seu lugar. Os vidros corta fogo sãos compostos por diversas camadas de proteção que formam assim um isolamento que absorve a energia das chamas. Este processo tem início a cerca de 120º C, portanto mesmo a uma temperatura ainda baixa os benefícios do vidro corta fogo começam-se a fazer sentir.Vidro Corta Fogo

Vidros Auto limpeza
Este vidros de auto limpeza, são ideais em localizações de difícil acesso para manutenção e limpeza. Através do seu revestimento especial utiliza a própria luz e a chuva para em vez de criar “gotas”, formar uma camada fina que ajuda a remover a sujidade.Vidro Auto Limpeza

Vidro Anti-Bala / Segurança
Chamados também de vidros blindados ou à prova de bala são projetados para oferecer proteção contra disparos de armas de fogo ou objetos lançados contra ele. Estes tipos de vidro são geralmente compostos por várias lâminas de vidro, intercaladas por camadas de PVB. Tais camadas plásticas amortecem o impacto, absorvendo energia, enquanto o vidro oferece resistência ao projétil.Vidro Segurança à Prova de Bala

Vidro para Pavimentos
O vidro para pavimentos, designado muitas vezes por piso de vidro permite a passagem de luz natural, reduzindo a necessidade de iluminação artificial. Esta possibilidade de utilização, fará toda a diferença na concepção do seu edifício, permitindo transformar completamente certas alas / secções que teriam uma aparência claustrofóbica.
O vidro para pavimentos pode ser utilizado como chão, ou utilizado em escadas e permite ainda elevada protecção contra incêndios. A segurança na utilização deste vidro é crítica, sendo por isso recomendado que nos consulte de modo a calcular a espessura e propriedades necessárias do vidro que vai depois ser utilizado na construção.Vidro para Pavimentos
Recomenda-se também a utilização de vidro laminado, para assegurar que em caso de quebra não conduza a um acidente grave. A carga prevista e o tamanho do vidro são dois factores essenciais a ter em conta no cálculo que faremos.
Estes vidros são por norma pesados, portanto é também importante os acessórios a utilizar de forma a evitar qualquer tipo de deformação na estrutura do edifício.
A superfície do vidro é também tido em conta, de forma a que seja criado no revestimento rugosidade suficiente para que se tenha toda a aderência possível ao caminhar e evitar escorregar, principalmente em zonas de maior humidade.

Vidro para Pavimentos

Vidro Decorativo / Vidro Texturado
O vidro decorativo pode ter diversos níveis de obscuração para efeitos de privacidade e/ou de decoração. As texturas e padrões aplicáveis podem ser os mais variados, à escolha de cada cliente e podem ser combinados com outros tipos de vidro dependendo do objectivo delineado para a sua utilização, assim como a espessura requerida.
Mantendo o efeito de luminosidade pretendida aliado à decoração desejada, o vidro decorativo é uma excelente escolha no seu projecto de construçãoVidro Texturado para Decoração

Espelhos
Constituído por um filme de prata na face de trás do vidro coberto com várias camadas de pintura de proteção. Os espelhos têm uma grande variedade de aplicações. A ter em conta em conta algumas características:
Capacidade de reflexão;
Claridade na imagem;
Nível de resistência à natural corrosão atmosférica;
Nível de resistência à corrosão química dos produtos de limpeza.
Capacidade de absorção de Impactos;

Guest Post de Luis Maia Vasiglass

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *