Archive for Off-Topic

Oficialmente à Procura de Emprego

Finalizado o Mestrado Integrado em Engenharia Civil, encontro-me neste momento disponível para embarcar para um novo desafio: o competitivo mundo do trabalho.

Assim, venho por este meio manifestar a minha disponibilidade para ingressar numa empresa para realizar estágio.

Algumas Informações:

Universidade: FEUP

Opção 5º ano: Construções Civis

Disciplinas 5º Ano: Direcção de Obras; Fiscalização de Obras; Manutenção e Reabilitação de Edifícios; Patologia e Reabilitação de Edifícios; Instalações de Edifícios; Acústica Ambiental e de Edifícios;

Disponibilidade Geográfica: Total. Disponibilidade para trabalhar em qualquer zona de Portugal ou Estrangeiro;

Para mais informações é favor contactarem pelo e-mail de contacto habitual: engenhariaportugal[arroba]gmail[ponto]com ou utilizem o formulário de contacto aqui. Enviarei o meu Curriculum Vitae assim como darei todas as informações que sejam necessárias.

Obrigado!

Ganhe Viagem às Maldivas

Porque nem tudo é engenharia civil, por vezes é necessário descansar um bocado para ganhar energia para o trabalho.

Para isso, nada mais que uma viagem às Maldivas completamente grátis. Estão a ser oferecidas viagens de 30mil em 30mil participantes. Para se habilitar basta carregar no banner e preencher nome e e-mail.

Habilita-se também a ganhar vouchers para hotéis espalhados pelo país.



250 cartões de visita grátis

Mais uma oportunidade: possibilidade de obter gratuitamente 250 cartões de visita grátis (paga apenas os portes de envio de 5,25€).

Quem oferece é a Vista Print, empresa na qual 8 milhões de pessoas por ano encomendam os seu cartões de visita.

Todos os profissionais devem usar cartões de visita para trocar com os seus pares. Apesar de com a banalização da troca de contactos por telemóvel, um cartão de visita é sempre um cartão de visita.

O cartão transmite a imagem do profissional e da empresa, não sendo apenas um simples papel onde está escrito o teu contacto. Obviamente que também podem ser usados apenas “para o estilo”.

Estão disponíveis variados templates de  cartões de visita, sendo apenas necessário escolher escolher o estilo que mais se adequa, introduzir os dados de contacto e criar os teus 250 cartões de visita grátis (portes: 5,25€)!

O único senão é ter publicidade à vista print nas parte de trás do cartão. Esta pode ser eliminada pagando mais um bocado do que os portes.

Quem quiser algo ainda mais profissional também tem disponível a versão paga em que permite colocar logótipo e fotografias, entre outros.

Para encomendarem, cliquem no banner.Qualquer dúvida comuniquem pois já sei de cor como funciona isto porque já encomendei para um familiar.


Como Juntar Vários PDF

Já muitos de nós precisamos de juntar vários PDF num único documento, nos diversos trabalhos académicos relizados. A solução é simples, não sendo necessário fazer nenhum download (é tudo feito online) e é completamente grátis. A ferramenta que permite fazer isto gratuitamente chama-se “PDF merge” e pode ser consultada aqui.

A única limitação do PDF merge online é apenas o tamanho dos ficheiros, que não pode ultrapassar os 15 MB. Sem dúvida uma óptima ferramenta de trabalho para juntar documentos em pdf!
Read more

Afinal a Matemática é Divertida…

… e há professores de matemática bem dispostos.

Alterações no blogue Engenharia Portugal

Venho por este meio informar a todos os que acompanham o blogue Engenharia Portugal que este blogue vai sofrer um conjunto de modificações que visam melhorar o blog e adquirir mais visibilidade.

Assim, uma das primeiras modificações vai ser comprar um domínio próprio (sem a palavra wordpress) e alojamento próprio. Assim, o novo endereço será www.EngenhariaPT.com, mantendo o nome actual: “Engenharia Portugal”.

Uma segunda modificação vai ser criar uma Newsletter quinzenal para que periodicamente quem a subscreva receba no seu e-mail não só o resumo daquilo que foi feito no blogue, como também conteúdos exclusivos, nomeadamente oportunidades de emprego e documentação útil, entre outros.

A terceira modificação será “lavar a cara” ao blog, dando-lhe uma nova imagem (espera-se que melhor).

O Lançamento do novo blogue está previsto para o dia 4 de JULHO, mas como se sabe, em Portugal tudo se atrasa. Todos os leitores serão devidamente e atempadamente informados.

Os que acompanham diariamente o blogue também têm uma palavra a dizer, se assim entenderem pelo que usem a caixa de e-mail ou a de comentários para expressar a vossa opinião.

Obviamente que estas modificações implicarão encargos que serão suportados por mim. Se houver alguma(s) pessoa(s) ou entidade(s) que queiram patrocinar estas alterações, é favor enviar e-mail para engenhariaportugal@gmail.com.

Engenharia Portugal e os seus Seguidores

Pouco depois de ter anunciado que iriam ocorrer algumas modificações neste blogue qual não é o meu espanto quando surge um novo blogue com o nome Engenharia Portugal. Sim, por muito original que possa parecer o nome foi esse o nome escolhido por alguém (que não eu) para criar um novo blogue sobre engenharia civil.

Queria deixar claro que o blogue EngenhariaPortugal.wordpress.com não tem qualquer ligação com a sua cópia (engenhariaportugal.com). Mas claro que há espaço para todos na blogosfera portuguesa.

 

Fico contente por saber que há cada vez mais pessoas a escrever sobre engenharia civil. No entanto não deixo de ficar um bocado triste por alguém estar a aproveitar-se da reputação do nome deste blogue, já consolidado ao longo destes últimos 4 meses.

Ao “artista” que criou este novo blogue, espero que continue a escrever sobre engenharia civil e não terei qualquer problema em acompanhar o blogue (poderei é ter alguns problemas de identidade, pois ser administrador do blogue Engenharia Portugal e estar no blogue Engenharia Portugal que não é meu causa-me alguma  confusão).

PS: Não é minha intenção entrar em guerra com ninguém, principalmente com que está preocupado em divulgar a Engenharia Civil. Assim sendo, não há problema de haver dois blogues Engenharia Portugal. Existem também dois blogues “Engenharia Civil” e não é por isso que um ou outro tem menos seguidores. Dou por encerrado este assunto.

Einstein sobre a Crise

O Pai e o Filho

Pai, posso fazer-lhe uma pergunta? Perguntou o filho.

O que é? Respondeu o pai.

Pai, quanto é que ganha por hora?

Isso não é da tua conta! Porque é que estás  a perguntar uma coisa dessas? Respondeu o Pai em tom agressivo.

Eu só queria saber. Por favor, diga-me quanto é que ganha numa hora?

“Se queres saber, eu ganho 15,00 € por hora.”

Ah… respondeu o menino, com a sua cabeça para baixo.

Pai, pode-me emprestar 7,50 €?

O pai ficou furioso, “Essa é a única razão pela qual me perguntaste isso? Pensas que é assim que podes conseguir algum dinheiro para comprar um brinquedo ou alguma outra coisa? Vai para o teu quarto e deita-te. Pensa sobre o quanto estás a ser egoísta. Eu não trabalho duramente todos os dias para tais infantilidades.

O menino foi calado para o seu quarto e fechou a porta.

O Pai sentou-se e começou a ficar ainda mais nervoso sobre as questões do filho. Como ele ousa fazer tais perguntas só para conseguir algum dinheiro?

Após cerca de uma hora, o homem tinha-se acalmado e começou a pensar:

Talvez houvesse algo que o filho realmente precisava comprar com esses 7,50 € e ele realmente não pedia dinheiro com muita frequência. O homem foi para a porta do quarto do filho e abriu a porta.

Estás a dormir, meu filho? perguntou.

Não pai, estou acordado, respondeu o filho.

Eu estive a pensar, talvez eu tenha sido muito duro contigo à pouco, afirmou o Pai. “Tive um longo dia e acabei descarregando sobre ti. Aqui estão os 7,50 € que me pediste. “

O menino levantou-se sorrindo. “Oh, pai obrigado, gritou. Então, procurando por baixo do seu travesseiro, rebuscou alguns trocados amassados.

O Pai viu que o menino já tinha algum dinheiro, e começou a enfurecer-se novamente.

O menino lentamente contou o seu dinheiro, e em seguida olhou para o pai.

Por é que queres mais dinheiro se já tinhas algum? Gritou o pai.

Porque eu ainda não tinha o suficiente, mas agora já tenho, respondeu o menino.

” Pai, eu agora tenho 15,00 €. Posso comprar uma hora do seu tempo? Por favor, chega mais cedo amanhã a casa. Eu gostava de jantar contigo.”

O pai ficou destroçado. Colocou os seus braços em torno do filho, e pediu-lhe desculpa.

É apenas uma pequena lembrança a todos vocês que trabalham arduamente na vida. Não devemos deixar escorregar através dos nossos dedos o tempo sem ter passado algum desse tempo com aqueles que realmente são importantes para nós, os que estão perto do nosso coração. Não te esqueças de compartilhar esses 15,00 € do valor do teu tempo, com alguém que gostas/amas.

Se morrermos amanhã, a empresa para a qual estamos trabalhando, poderá facilmente substituir-nos em uma questão de horas. Mas a família e amigos que deixamos para trás irão sentir essa perda para o resto de suas vidas…

Um Problema de Acústica