E porque hoje é DIA DO TRABALHADOR

Segue um vídeo com os acidentes de trabalho mais insólitos:

 

Estruturas de Betão – Bases de cálculo

estruturasDe leitura quase obrigatória para qualquer Engenheiro Civil ou estudante de Engenharia Civil, o livro “Estruturas de Betão – Bases de Cálculo” pretende apresentar as bases de dimensionamento de estruturas de betão de acordo com a regulamentação existente (eurocódigos). O livro começa por apresentar os materiais (aço e betão) e a sua interação, incluindo questões relacionadas com a durabilidade e amarração de varões. Apresenta depois a forma de dimensionamento em estado limite último de elementos de betão armado para diversos tipos de esforços (esforço axial e flexão, corte, punçoamento, torção). Finalmente aborda o dimensionamento de elementos de betão para estados limites de serviço (limitação de tensões, fendilhação e deformação).

Visita já a página do livro (aqui), e encomenda já o teu exemplar com 10% de Desconto. Vê neste link algumas páginas deste livro.

Resumo:

AUTORES: Paulo Barreto Cachim; Miguel Monteiro Morais

EDITORA: Publindústria – Edições Técnicas

DISTRIBUIÇÃO: Engebook – Conteúdos de Engenharia e Gestão · www.engebook.com

FORMATO: 170 x 240 mm

NÚMERO DE PÁGINAS: 280 aprox.

preço: €21,51 (10% de desconto)

 

Índice do Livro:

Prefácio

Capítulo 1: Introdução
1.1. Eurocódigos
1.2. Dimensionamento em relação aos estados limites

Parte A: Bases de cálculo

Capítulo 2: Propriedades dos materiais
2.1. Betão
2.2. Aço para betão armado
2.3. Aderência
2.4. Considerações adicionais relativas a armaduras

Capítulo 3: Durabilidade
3.1. Vida útil de uma estrutura
3.2. Mecanismos de deterioração
3.3. Parâmetros que influenciam a durabilidade
3.4. Causas e tipos de fendilhação
3.5. Indicações para escolha e especificação do betão

Parte B. Estados limites últimos

Capítulo 4: Esforços normais e de flexão
4.1. Bases de cálculo para esforços normais e de flexão
4.2. Determinação das forças interiores no aço e no betão
4.3. Secções submetidas a tração e compressão simples
4.4. Secções submetidas a flexão
4.5. Secções submetidas a flexão simples
4.6. Secções submetidas a flexão composta
4.7. Flexão desviada

Capítulo 5: Esforço transverso
5.1. Esforço transverso resistente
5.2. Dimensionamento de elementos ao esforço transverso
5.3. Corte na ligação da alma aos banzos
5.4. Esforço longitudinal nas juntas de betonagem em diferentes datas

Capítulo 6: Punçoamento
6.1. Tensão de punçoamento atuante
6.2. Verificação na face do pilar
6.3. Verificação no perímetro de controlo
6.4. Outros dispositivos de reforço ao punçoamento
6.5. Verificação para sapatas de pilares
6.6. Fluxograma de dimensionamento

Capítulo 7: Torção
7.1. Torção de equilíbrio e torção de compatibilidade
7.2. Modelos de comportamento para torção
7.3. Dimensionamento das armaduras de torção
7.4. Casos particulares
7.5. Dimensionamento de elementos para a torção

Parte C. Estados limites de utilização

Capítulo 8: Controlo de tensões
8.1. Limites para as tensões de compressão no betão
8.2. Limites para as tensões na armadura
8.3. Cálculo de tensões

Capítulo 9: Fendilhação
9.1. Comportamento de uma peça de betão armado
9.2. Razões para controlar a fendilhação e valores limite para a largura de fendas
9.3. Armadura mínima
9.4. Cálculo da largura de fendas
9.5. Controlo da fendilhação sem cálculo da largura de fendas
9.6. Situações especiais em que é necessário controlar a fendilhação

Capítulo 10: Deformação
10.1. Fatores que afetam a deformação
10.2. Controlo da deformação
10.3. Verificação da deformação sem cálculo da flecha
10.4. Cálculo da deformação
10.5. Formas de reduzir a deformação

Anexo A: Armaduras para betão armado
Anexo B: Vigas em flexão simples

A Editora:

A Publindústria assume como missão estratégica a produção de conteúdos direcionados para a Indústria Transformadora. Entre os seus produtos comunicacionais destacamos a edição de revistas técnico-científicas, uma atividade editorial que iniciou e tem vindo a ser aprofundada desde há 25 anos.

A edição de livros técnicos e manuais universitários é uma área de negócios emergente, um desafio e uma prova do envolvimento da Publindústria com os técnicos e cientistas portugueses. Estão apostados em ocupar o reduzido nicho de mercado do livro técnico nos mais diversos domínios da ciência e tecnologia, que contenham uma forte componente pedagógica e/ou formativa.

 

A biblioteca mais pequena de Portugal

biblioteca barcelinhos

 

A biblioteca mais pequena do país situa-se no concelho de Barcelos, mais concretamente na freguesia Barcelinhos. Inaugurada a 27 de Março, uma cabine antiga cabine telefónica passou a funcionar como mini-biblioteca.

A criação deste equipamento cultural decorre do programa Livros do Cávado,  uma parceria pioneira entre a Junta de Freguesia de Barcelinhos, a Câmara de Barcelos e a Fundação PT. Prtendem com esta iniciativa “dinamizar a zona ribeirinha” da freguesia, “complementar a biblioteca da junta” e “incentivar a leitura”. “Deve ser uma montra da nossa biblioteca interior”, acrescentou.

Uma ideia para copiar noutras zonas do país?

Read more

Mota Engil Procura engenheiro civil para América do Sul

Mota-engil

 

No âmbito da sua estratégia de desenvolvimento e internacionalização, o Grupo Mota-Engil pretende identificar para a sua bolsa de candidatos perfis que apresentem experiência profissional relevante e competências adequadas às necessidades existentes nos mercados internacionais em que a Mota-Engil está presente. Assim, pretendem rececionar candidaturas para a seguinte função:
Engenheiros de Obra Rodoviária (m/f)  


Principais Responsabilidades:
Integrado em obra terá como principais responsabilidades acompanhar e apoiar a direção de obra ao nível da gestão da produção na vertente rodoviária, gestão enconómica e de prazos do sistema de qualidade, ambiente e segurança a fim de garantir o cumprimento dos objetivos estabelecidos.
Requisitos:
– Formação superior em Engenharia Civil;
– Experiência profissional mínima de 10 anos na vertente de Obra Geral / Estradas.
Mais informações aqui.

Portugal Steel – um ebook gratuito para download

Portugal SteelTendo em vista a importância estratégica do sector da Construção Metálica e Mista, o Departamento de Engenharia Civil do ISEP, em parceria com a Associação Portuguesa de Construção Metálica e Mista, organizou no dia 4 de Dezembro de 2013 o seminário Portugal Steel ISEP.

Este evento teve como objectivo divulgar e discutir as mais recentes inovações no domínio da construção metálica sustentadas nos conceitos da durabilidade, sustentabilidade e economia.

Esta publicação resulta da compilação das apresentações dos oradores convidados do seminário Portugal Steel ISEP, ligados a instituições de ensino, empresas e gabinetes de projecto nacionais, de
experiência e mérito reconhecidos.

Os capítulos deste livro cobrem vários subdomínios relacionados com a concepção, o projecto, o fabrico e a execução de estruturas metálicas, incluindo a inspecção e os ensaios não destrutivos.

O livro encontra-se disponível na seguinte ligação:

DOWNLOAD PORTUGAL STEEL

Read more

“Os Maias” de Eça de Queirós para quem não gosta de ler ou não tem tempo

maias

 

Era uma vez um gajo chamado Carlos, que vivia numa casa tão grande que levava p’raí umas vinte páginas a dizer como é que era. Quem gosta de imobiliário, tem aqui um petisco, porque aquilo tem assoalhadas grandes e boas e, pronto, mas p’ra mim não serve, que eu imóveis só com a fotografia, que às vezes um gajo é artista a escrever e depois uma pessoa vai a ver a casa e não tem nada a ver com o que imaginou.

Portanto, o gajo chama-se Carlos e o pai matou-se quando ele era pequeno, porque a mulher fugiu com um italiano e levou a filha que eles também tinham e… e ele matou-se, não faz sentido, porque o que não falta p’raí são gajas. Ora o puto fica com o avô e tal, vai crescendo e torna-se um gajo fino, bem vestido e que vai a boas festas.

Às tantas vê uma gaja e pensa: “Ui, que gaja tão boa!” e p’raí na página 400 começam a ir para a cama os dois e andam aí umas boas 200 páginas, pim, pim, troca e vira e agora nesta casa e agora naquela e pumba e… só que às tantas vem um gajo e diz: “-Eh pá, olha que a moça é tua irmã!” e o Carlos fica “eh pá, isso não pode ser, que nojo!” de maneiras que dá-lhe só mais duas ou três trolitadas e vai dar uma volta ao mundo, para espairecer, e acaba tudo em bem porque, ao menos, não tiveram filhos. Porque se tivessem eram, de certeza, meio tantans, babavam-se, como o meu primo Zé Luís, que os pais também eram parentes.

ENSINAMENTOS DA OBRA:

Read more

DST está a Recrutar

A dst está a recrutar para o seguinte perfil e função:

Engenheiro Civil / Diretor de Obra

Perfil do/a Candidato/a:
– Licenciatura em Engenharia Civil;
– Experiência comprovada na área de gestão de obra e de equipas de trabalho (fator eliminatório);
– Experiência profissional mínima de 5 anos em obras de hidráulica, nomeadamente saneamento;
– Orientação para o cliente e vocação para trabalhar por objetivos;
– Bons conhecimentos de informática na ótica do utilizador.
– Domínio do software Autocad, MS Project, CCS e SAP;
– Capacidade de liderança e de trabalho, com grande aptidão para a comunicação com públicos diferenciados;
– Domínio da língua francesa;
– Domínio da língua inglesa;

Oferta:
– Salário compatível com função;
– Regalias existentes na empresa.

Enviar curriculum vitae até 17 de Abril, com ref.ª “DST Engenheiro Civil / Diretor de Obra” para:

rh.candidaturas@dstsgps.com

A bysteel está a recrutar para o seguinte perfil e função:

Orçamentista (M/F)

Perfil do/a candidato/a:
– Licenciatura em Engenharia Civil;
– Conhecimentos de informática na ótica do utilizador, especialmente AutoCad e CCS;
– Conhecimentos de francês e Inglês;
– Proatividade, dinamismo e profissionalismo;
– Disponibilidade imediata.

Oferta:
– Salário compatível com função;
– Regalias existentes no grupo.

Enviar Curriculum Vitae com ref.ª “ Bysteel_Orçamentista” para
rh.candidaturas@dstsgps.com

dst

 

Read more

Costeira Empreiteiros recruta preparador de Obra

3a4c5daf-6bab-4f3a-a6c8-b5cb15cd23ae_LOGO_LARGE

– Experiência mínima de 5 anos na função,

– Disponibilidade imediata; Dinamismo, ambição e responsabilidade.

– Damos preferência a profissionais com formação na área devidamente comprovada e domínio em informática (Autocad, desenho 3D).

-Aceitam-se candidatos que tenham licenciatura em Engenharia civil ou Arquitectura.

– Oferecemos Salário compatível com a experiência demonstrada e Integração numa equipa dinâmica e orientada para objectivos

Enviar currículo detalhado para

tecnico.recrutamento@gmail.com
(Refª. Preparador de Obra 2014).

Read more

Central de Projectos procura Engenheiro Civil

– Engenheiro/a Civil com experiência em Projeto e Fiscalização de Equipamentos na Área da Saúde (fator eliminatório);

– Disponibilidade para trabalhar em Angola;

– Experiência mínima de 3 anos em funções idênticas;

– Bons conhecimentos de informática;

– Disciplina e capacidade de trabalho em equipa;

– Oferece-se remuneração compatível com a experiência e funções a desempenhar.

Se reúne as condições indicadas deve enviar a sua candidatura para:

geral@centralprojectos.pt

central

Consulgal recruta Engenheiros Civis

Empresa de Consultoria pretende seleccionar Engenheiro Civil para a Fiscalização de Empreendimentos, nas zonas Norte, Centro e Sul do país, com mínimo 3 a 5 anos de experiência profissional para as seguintes vagas:

– Fiscal de Electromecânica

– Fiscal de Construção Civil

– Coordenador de Segurança e Saúde

Resposta com CV e Certificados (de habilitações e profissionais), indicando a posição a que se candidata em “Assunto”, para

gestaoefiscalizacao@consulgal.pt

Consulgal

Read more